topo
Jair Bolsonaro reafirma que pretende extinguir a Ancine Jair Bolsonaro reafirma que pretende extinguir a Ancine
A eventual extinção da agência, no entanto, dependerá de aprovação do Congresso Nacional.
Por Redação /F | 26/07/2019 ás 11h42
Compartilhar no Whatsapp

Durante transmissão ao vivo na internet, o presidente Jair Bolsonaro afirmou que pretende extinguir a Ancine, Agência Nacional do Cinema. O órgão, ligado ao ministério da Cidadania, é uma agência reguladora criada em 2011 para fomentar, regular e fiscalizar o mercado do cinema e do audiovisual no Brasil. 

Bolsonaro justificou a extinção da Ancine afirmando que o Poder Público não tem que financiar filmes e citou o exemplo do filme de Bruna Surfistinha. 

O filme de Bruna Surfistinha recebeu cerca de R$ 4,3 milhões em renúncia fiscal, segundo a Ancine, e obteve bilheteria de R$ 20 milhões, sendo visto por 2 milhões de espectadores, no cinema.

 A eventual extinção da agência, no entanto, dependerá de aprovação do Congresso Nacional.

 Uma das medidas em estudo no governo é retirar da Ancine a gestão do Fundo Setorial do Audiovisual, que desenvolve toda a cadeia produtiva da atividade audiovisual no Brasil. O orçamento do Fundo, para este ano, é de R$ 724 milhões.

Fonte: EBC

 

Categorias:  

Cultura
Brasil