topo
Delegado da Polícia Civil morre por complicações da Covid-19 no Maranhão Delegado da Polícia Civil morre por complicações da Covid-19 no Maranhão
Diogo Antônio Cabral Melo, de 40 anos, era lotado na delegacia de Cantanhede, município localizado a 154 km de São Luís.
Por Redação | 30/03/2021 ás 19h25
Compartilhar no Whatsapp

O delegado da Polícia Civil do Maranhão (PC-MA), Diogo Antônio Cabral Melo, de 40 anos, morreu nesta terça-feira (30/03) em decorrência de complicações da Covid-19.

Ele era lotado na delegacia de Cantanhede, município localizado a 154 km de São Luís. Diogo Cabral era natural de Belo Horizonte (MG) mas atuava como delegado de polícia desde 2014.

Por meio de nota, o delegado-geral, André Gossain, se solidarizou com seus familiares e colegas neste momento de dor e consternação.

Coronavírus no Maranhão

Na segunda-feira (29/03), o Maranhão bateu o recorde de mortes registradas em um único dia pela Covid-19. Foram 42 óbitos, o que nunca havia sido registrado desde a primeira morte pela doença, há exatamente 1 ano.

O número total de casos registrados também ultrapassou a marca de 240 mil. Agora, o Maranhão contabiliza 240.146 casos e 5991 mortes pela Covid-19, segundo a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

Dos novos casos registrados, 75 foram na Grande Ilha (São LuísSão José de RibamarPaço do Lumiar Raposa), 13 em Imperatriz e 105 nos demais municípios do estado.

Fonte: G1 Maranhão